Quarta, 23 de Junho de 2021 06:42
(35) 988158840
Geral INSTINTO MATERNO

Mãe de pet, mãe de gente, mãe é mãe!

O amor não precisa ser dividido, o amor é um sentimento tão nobre que pode ser multiplicado e continua habitando porque cabe no mesmo coração

09/05/2021 11h18
312
Por: Redação 4
A Laura e o Pipoca/Foto: Arquivo pessoal
A Laura e o Pipoca/Foto: Arquivo pessoal

Renata Santinelli

Existe uma força sobrenatural que vai além da palavra. MÃE! O que existe de tão profundo na experiência de ser humano é o instinto maternal. Neste dia das mães nossa coluna não poderia deixar de homenagear aquelas que exercem o cuidado maternal em várias esferas. Conciliam rotinas extensas em nome do cuidar da vida. As mães de gente, mães de bicho e protetoras!

A origem da palavra 'cuidado' aponta sua derivação do latim cura (cura), que constitui um sinônimo erudito de cuidado. Na forma mais antiga do latim, a palavra cura escreve-se coera e é usada, num contexto de relações de amor e amizade, para expressar uma atitude de cuidado, de desvelo, de preocupação e de inquietação por algo se ama.

Cuidado é para todos! A natureza nos mostra em todos os seus seguimentos da vida que machos também exercem a função de cuidadores, mas o nosso destaque é a esse cuidado particular empenhado pelas mães. É vivenciar a teoria de Gaia no seu mais intrínseco significado. Ou seja, é a Terra como esta grande mãe em que todos os seres vivos estão interligados.

E para homenagear este dia, eu convidei uma amiga querida, mãe da Laura, mãe de bicho e protetora, a Carla Viviane, da ONG SOS Bichos de Pouso Alegre para contar seu relato:

Dezembro de 2008 nasce Laura, minha filha hoje com 12 anos. Entrando na adolescência e junto os desafios de uma nova fase da vida. De um tempo pra cá, ela vem se tornando cada dia mais independente e em meio a memes e redes sociais, a minha geração tenta acompanhar o ritmo dessas crianças ainda descobrindo a vida com seus perigos e prazeres.

Dezembro de 2018. Ao sair de casa me deparo com um cão abandonado na porta. Um poodle idoso. Hoje ele se chama Pipoca, mas qual era o nome que ele tinha? Impossível saber. O que eu sei é que estava cheio de nós, parasitas, com otite, desnutrido, desidratado, surdo, com poucos dentes podres. O retrato da crueldade por que passam um incontável número de animais no mundo inteiro.

Na época do resgate do Pipoca, Laura se compadeceu da situação dele. Ela está acostumada a participar do resgate de cães e gatos abandonados.  Hoje ela me ajuda a cuidar dele. Enquanto ela se torna cada dia mais independente, ele se torna mais dependente. Pipoca precisa receber comida na boca, muitas vezes ela quem dá.

Dizem que mãe de pet não é mãe. Eu discordo. Primeiro porque é impossível mensurar o amor dos outros ou das outras. Segundo porque cuidar de bicho dá trabalho. O zelo por outra criatura é um trabalho muito maternal.

Acredito que o amor não precisa ser dividido, o amor é um sentimento tão nobre que pode ser multiplicado e continua habitando porque cabe no mesmo coração. Mães que tem vários filhos ama todos igualmente, é o que todas dizem.

Aqui, estamos vivendo a contradição da vida: a Laura está começando e o Pipoca está a caminho do final. Além das sequelas dos maus tratos que sofreu, está ficando senil, com os reflexos cada dia piores, com dificuldade de comer, com o corpo dolorido. Laura está descobrindo a vida. Fazendo amigos, aprendendo inglês, me ensinando tanta coisa. Nos divertimos como amigas.

Acho que a maternidade traz essa sabedoria. De enxergar o que  cada filho precisa. Ser o apoio nas alegrias e derrotas. Muitas vezes a gente anula as próprias necessidades para priorizar os nossos filhos. Quem mais pode ser tão abnegada quanto uma mãe?

Na próxima semana vamos nos encontrar novamente com um tema pra lá de especial. Eu espero você!

Não se esqueça de interagir com esta coluna!!! Sugestões de temas podem ser enviadas para [email protected]

           

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fala Proteção Animal!
Sobre Fala Proteção Animal!
Renata Santinelli, Presidente da ONG Anjos de Patas de Alfenas, vai trazer toda semana o tema da causa animal que será divulgada e discutida por quem atua na área e pode trazer mais informações ao leitores sobre o que é, e como agem os protetores de animais e porque a causa animal é tão importante em nossa sociedade na preservação e cuidados dos animais e garantia de seus direitos. Assistente de Campanhas para Animais de Fazenda do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal.
Sobre o município
Alfenas - MG
Atualizado às 06h30 - Fonte: Climatempo
13°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 25°

13° Sensação
16.2 km/h Vento
92.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Sexta (25/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio