Segunda, 26 de Julho de 2021 16:57
(35) 988158840
Geral VACINA CINOMOSE

Cinomose. Temos muito a conversar sobre isso

Vacinar seu cão é um ato de amor e responsabilidade do tutor. É importante o acompanhamento do Médico-Veterinário, pois é o profissional quem vai orientar corretamente o protocolo vacinal (quando filhotes) e a rotina vacinal (quando adultos)

18/07/2021 11h01
612
Por: Redação 4
Cão com sintomas clássicos da Cinomose/Foto: reprodução internet
Cão com sintomas clássicos da Cinomose/Foto: reprodução internet

 

Renata Santinelli

Embora não seja uma doença sazonal os meses mais frios, a cinomose se torna mais intensa e afeta muitos cães.Os primeiros relatos que se tem sobre a cinomose datam dos meados dos anos 1700 na América do Sul. Anos após a doença foi descrita na Europa e acredita-se a doença foi importada para Europa a partir de colonizadores espanhóis. Mas somente no início do século XX que o agente causador da cinomose foi isolado.

A cinomose, embora descrita costumeiramente como uma doença de cães, ela pode também acometer outras espécies como raposas, ursos, texugos, tamanduás... Mas o que é importante para nós é saber que a cinomose é uma doença altamente contagiosa entre cães, e tem alta mortalidade.

A cinomose canina é causada por um vírus transmitido pelo ar, mas os cães podem contrair a doença através de secreções de outros animais doentes ou de objetos contaminados. Os animais acometidos eliminam o vírus através de suas secreções, como urina, fezes, saliva, placenta e secreções respiratórias. 

Por ser uma doença causada por vírus a cinomose não tem cura! Confirmada a doença, o tratamento é realizado com o objetivo de tornar a vida do cão mais confortável, além de fortalecer seu sistema imunológico para que ele consiga combater infecções secundárias.

A cinomose é uma doença que pode se manifestar de maneira muito diferente de um cachorro para outro. Isso ocorre porque, enquanto cães saudáveis podem ter mais facilidade para expulsar o agente invasor, outros, como os cães filhotes e debilitados, têm dificuldade.

Por afetar diferentes sistemas do organismo do cão, a cinomose tem sintomas diferentes, de acordo com a forma da doença:

Forma cutânea: bolinhas com pus, principalmente no abdômen, patas e focinho;

Forma digestiva: vômitos e diarreia;

Forma respiratória: tosse, pneumonia, secreção nasal e ocular,

Forma nervosa: tremores, falta de coordenação motora e convulsões.

Trata-se de uma doença progressiva que pode evoluir da forma cutânea para a nervosa, sendo que nem todos os cães passarão por todas as quatro etapas. Em caso de suspeita de cinomose, evite o contato do cão com outros cachorros e procure um médico-veterinário com urgência.

A cinomose não escolhe raça ou condição financeira do cão. Ela acomete qualquer cão, em qualquer idade, em todas as épocas do ano.

Além disso, o tratamento de um cão com cinomose envolve uma dedicação extrema do tutor ou cuidador, cuidados veterinários intensivos, medicações e alimentação de alto custo e mesmo fazendo todo o investimento necessário a combater a doença, o cão pode vir a óbito.

Lembrando também que a forma nervosa da doença traz um sofrimento terrível para o cão e também para os humanos envolvidos no tratamento. Em muitos casos o cão pode ficar com graves sequelas neurológicas e motoras como tremores, dificuldade pra andar, convulsões e até paralisia e por isso podem ser abandonados pelos seus tutores.

A única forma de seu cão não se contaminar com a cinomose é através da vacinação. A vacina conhecida como múltipla ou polivalente previne não somente a cinomose, mas diversas outras doenças graves.

Vacinar seu cão é um ato de amor e responsabilidade do tutor. É importante o acompanhamento do Médico-Veterinário, pois é o profissional quem vai orientar corretamente o protocolo vacinal (quando filhotes) e a rotina vacinal (quando adultos).

Vacinas feita em balcão de casas agropecuárias e sem a presença de um profissional médico-veterinário não são recomendadas. Não economize em algo tão importante para a saúde do seu cão.

Outros fatores para a prevenção: manter o cão em ambiente limpo e arejado, não permitir contato com outros cães não vacinados, e escolher o local de banho e tosa que ofereça protocolos de segurança e desinfecção são também importantes.

O abandono de um cão jamais deve ser uma opção. Além de manter o esquema vacinal em dia é necessário sempre ter uma reserva financeira para emergências.

A cinomose é uma doença grave! A cinomose mata! Se o seu cão ainda não é vacinado, procure urgentemente um médico-veterinário e organize com ele, as vacinas do seu cão.

Se o seu cão apresentar qualquer sintoma da cinomose ou mesmo apresentar sintomas de outras doenças, não espere piorar, não deixe o tempo passar. Cães não tem poder de autocura, eles precisam de cuidados de saúde como nós humanos.

Jamais utilize receitas de internet ou indicação de amigos para tratamento de doenças nos cães. Não existem sucos mágicos que curam a cinomose.

Cinomose se trata com orientação veterinária, controle dos sintomas e melhoria da condição nutricional do animal.

Se o seu animal possui controle vacinal com acompanhamento profissional, doe uma vacina para um cãozinho abandonado ou carente. Assim você ajuda também a salvar outros.

Quem ama, vacina! Faça acompanhamento periódico do seu cão no médico-veterinário!

Na próxima semana vamos nos encontrar novamente com um tema pra lá de especial. Eu espero você!

Não se esqueça de interagir com esta coluna!!! Sugestões de temas podem ser enviadas para [email protected]

 

* As opiniões contidas nesta coluna não refletem necessariamente a opinião deste portal de notícias.

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Fala Proteção Animal!
Sobre Fala Proteção Animal!
Renata Santinelli, Presidente da ONG Anjos de Patas de Alfenas, vai trazer toda semana o tema da causa animal que será divulgada e discutida por quem atua na área e pode trazer mais informações ao leitores sobre o que é, e como agem os protetores de animais e porque a causa animal é tão importante em nossa sociedade na preservação e cuidados dos animais e garantia de seus direitos. Assistente de Campanhas para Animais de Fazenda do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal.
Sobre o município
Alfenas - MG
Atualizado às 16h34 - Fonte: Climatempo
27°
Tempo aberto

Mín. Máx. 27°

26° Sensação
11.7 km/h Vento
23.7% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Quarta (28/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 10° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Anúncio