Sexta, 21 de Janeiro de 2022 10:48
(35) 988158840
Geral NATAL

QUE SEJA NATAL TODOS OS DIAS DO ANO

Se a distância virou regra nos últimos tempos, que o Natal seja sinônimo de união, de re-união, valorize o abraço, o afeto e sobretudo a solidariedade para com aqueles que sofrem e precisam de ajuda, não apenas no Natal

25/12/2021 01h11
291
Por: Redação 4
Foto: Natal crédito reprodução Carla Viera/Arquivo Pessoal
Foto: Natal crédito reprodução Carla Viera/Arquivo Pessoal

 

Guilherme Abraão

O Natal, comemorado no dia 25 de dezembro, é a data em que os seguidores do cristianismo celebram o nascimento de Jesus Cristo. O dia de Natal foi definido pela Igreja Católica no ano de 350 através do Papa Júlio I, sendo mais tarde oficializado como feriado em várias partes do mundo. 

Para o comércio é a principal data de vendas, aos poucos as comemorações de Natal incluíram símbolos tradicionais como árvore de Natal, Papai Noel, a troca de presentes, o presépio, iluminação decorativa e a ceia.

Muitas pessoas tocadas pelas celebrações natalinas enviam mensagens, participam de campanhas para ajudar pessoas necessitadas, distribuem brinquedos para crianças, fazem doações para instituições de caridade, e vimos este espírito de solidariedade se fortalecer nestes dois anos de pandemia. 

Temos uma massa de desempregados em todas as partes do país, sobretudo nas capitais, muitos desalentados que já não procuram vagas de emprego, muitos perderam o emprego e a renda e foram obrigados a irem morar nas ruas. A inflação consome as economias e o poder de compra das famílias.

Para além das mensagens natalinas, e das mesas fartas para alguns, enquanto sociedade, precisamos praticar em todos os dias do ano esta humanidade aflorada próximo ao dia 25, imagine como seria prazeroso vivermos em todos os outros dias do ano o que desejamos e praticamos no Natal, sobretudo a partilhar, a solidariedade, o respeito e acolhida. 

Todos nós sofremos de alguma maneira e em níveis diferentes nestes últimos tempos pandêmicos, perdemos muitas pessoas queridas nestes dois anos, que certamente farão imensa falta neste Natal, mas de alguma maneira a memória e as boas ações delas serão lembradas, e cuidar dos nossos próximos é uma boa maneira de homenageá-las.

Esta semana uma foto viralizou, apesar da visível precariedade das moradias, da falta de saneamento básico tão ausente em nossas comunidades. O registro foi após fortes chuvas que deixaram todo o estado do Rio de Janeiro em alerta. Uma belíssima foto registrada pela jovem Carla Vieira, que mora no Morro do Turano, na Tijuca, com sua cachorra e algumas crianças sorrindo no meio da chuva, a imagem ganhou as redes sociais e ilustra este singelo artigo, e sintetiza tão bem o que deveríamos viver em mais um Natal. 

Que neste Natal, fiquemos com a força e vontade de recomeçarmos diariamente para vencermos nossos desafios e lutas cotidianas e que consigamos estender as mãos para quem precisa. Que o renascimento do menino Jesus, nos faça olhar com mais amor, empatia aos que mais precisam, e eles são milhões. 

Do eterno Gonzaguinha, cantemos e coloquemos em prática todos os dias do ano, para além do Natal, afinal a vida é bonita. 

*Ontem um menino

Que brincava me falou

Hoje é a semente do amanhã

Para não ter medo

Que este tempo vai passar

Não se desespere, nem pare de sonhar

Nunca se entregue

Nasça sempre com as manhãs

Deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar

Fé na vida, fé no homem, fé no que virá

Nós podemos tudo, nós podemos mais

Vamos lá fazer o que será…

Por fim, procure fazer o que estiver ao seu alcance para aliviar a dor do seu semelhante antes que o problema chegue até você!

*Trecho da Música Sementes do Amanhã, de Gonzaguinha 

 

* As opiniões contidas nesta coluna não refletem necessariamente a opinião deste portal de notícias.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ao Ponto
Sobre Ao Ponto
GUILHERME ABRAÃO, formado em Direito pela PUC Campinas/SP, aluno de Ciências Sociais pela UNIFAL. Foi consultor da UNESCO, Conselheiro Estadual de Cultura, Superintendente de Cultura da Prefeitura Alfenas/MG, foi Assessor Parlamentar na Câmara dos Deputados, Assessor Jurídico da Prefeitura de Pouso Alegre/MG, e Diretor Municipal de Cultura em Estiva/MG. Vice-presidente do Circuito Turístico Lago de Furnas. Faça contato através do e-mail: [email protected]
Sobre o município
Alfenas - MG
Atualizado às 10h41 - Fonte: Climatempo
25°
Pancada de chuva

Mín. 17° Máx. 32°

25° Sensação
4 km/h Vento
62.3% Umidade do ar
80% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (22/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.