Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 23:57
(35) 988158840
Dólar comercial R$ 5,61 1.659%
Euro R$ 6,77 +0.77%
Peso Argentino R$ 0,06 +1.57%
Bitcoin R$ 283.364,74 +2.217%
Bovespa 110.035,17 pontos -1.98%
Economia Empreendedorismo #04

Cão adestrado fortalece o vínculo entre o animal e seu tutor

Adestrador de cães em Alfenas mostra a importância da técnica para a socialização do animal

01/02/2021 15h17 Atualizada há 4 semanas
400
Por: Redação 4
O amor pelos cães desde a infância fez com que Nivaldo se tornasse um adestrador reconhecido pelo excelente trabalho que desenvolve em Alfenas/Foto: Gilson Leite
O amor pelos cães desde a infância fez com que Nivaldo se tornasse um adestrador reconhecido pelo excelente trabalho que desenvolve em Alfenas/Foto: Gilson Leite

Américo Passos/Gilson Leite

Quem tem um cão sabe o quanto é importante que ele seja disciplinado e atenda aos comandos do seu tutor. E para isso aconteça é necessário um adestrador, e em Alfenas Nivaldo Lopes Novaes é referência no assunto.

Acompanhamos um dia de treinamento do cão Black que a mais de 2 anos está sendo treinado por Nivaldo e responde com muita espontaneidade aos comandos e encanta a todos que passam pelo local onde Nivaldo Lopes faz o adestramento do cão.

Nivaldo Lopes ressalta que adestrar o cão depende de tempo e do tutor que deve sempre praticar os comandos afim de que o animal possa atender e responder de forma positiva ao adestramento.

Segundo o adestrador os tutores dos cães que buscam seus serviços se dão basicamente para a solução de problemas relacionados a disciplina, como não fugir pelo portão, ficar puxando a guia quando sai de casa para um passeio e aprender aos comandos básicos de sentar, levantar.

Nivaldo Lopes destaca que para o adestramento dar certo, depende muito da continuidade dos comando pelos tutores dos cães/Foto: Gilson Leite

O período mínimo de adestramento é de três meses e a partir daí o cão começa a atender aos comandos e tem uma melhora na disciplina o que pode ser importante para evitar acidentes principalmente quando se está na rua com o animal de estimação explica do adestrador.

Nivaldo Lopes conta que um fato triste e marcante em sua vida foi fundamental para que ele iniciasse o adestramento de cães. Na adolescência, aos 12 anos uma cachorrinha da família foi atropelada por um ônibus e morreu quando estava com ele na rua.

Depois deste triste acontecimento o adestrador iniciou seu aprendizado de adestrador que não foi nada fácil devido as dificuldades para obter os conhecimentos a época que era muitas vezes através de uma revista especializada em cães, a revista Cães e Cia, relatou Nivaldo Lopes, que buscou se aprimorar e fazer vários cursos ligados à área de adestramento.

O adestrador lembra que um cão tem média 15 anos de vida e desta forma a pessoa que queira ter um cão deve analisar muito antes de ter este companheiro em casa, como espaço para o animal de estimação e a raça adequada para cada perfil de família ou pessoa que queira ter um animal de estimação.

O adestrador enfatiza que antes de adquirir um cão ou outro animal de estimação todos da casa devem participar e estar ciente de que este animal de estimação será parte integrante da família e deve ser um motivo de alegria e união!

Confira a vídeo reportagem sobre o adestramento de cães:

Mais informações do adestrador:

Celular: (35) 99859-7044

https://www.facebook.com/profile.php?id=100006815477673

https://www.instagram.com/nivaldo9362/?hl=pt-br

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.