Terça, 02 de Março de 2021 11:56
(35) 988158840
Cidades 41 anos

As mudanças de estilo durante as décadas contadas em cortes e penteados de um cabeleireiro de Alfenas há mais de 40 anos

Zé Henrique está atuante na profissão que escolheu por amor e tradição na família há mais de quatro décadas

02/02/2021 20h16 Atualizada há 4 semanas
1.563
Por: Redação 4
Henrique se dedica a profissão de cabeleireiro há mais de 40 anos em Alfenas e mantém o salão no mesmo local desde a inauguração/Foto: Gilson Leite
Henrique se dedica a profissão de cabeleireiro há mais de 40 anos em Alfenas e mantém o salão no mesmo local desde a inauguração/Foto: Gilson Leite

Américo Passos/Gilson Leite

"Deixei de ser bancário e fui me especializar como cabeleireiro e montei um salão e já se passaram mais de quarenta anos", assim começa a nossa entrevista com José Henrique Silva que conta a sua trajetória nesta profissão em que atua há tantos anos e que mexe com a autoestima de homens e mulheres.

Henrique conta que tudo teve início com seu pai, o cabeleireiro Joãozinho que, no início de sua profissão, aos 14 anos de idade, era barbeiro e que, aos poucos, foi se especializando e se tornou um cabeleireiro de sucesso em Alfenas e também no estado e no país.

Após dois anos de estudos e cursos em São Paulo, Henrique retornou a Alfenas e no endereço localizado à rua Marcial Júnior nº 02, no centro da cidade, montou seu salão de cabeleireiros no dia 11 de janeiro de 1980, completando de lá até aqui 41 anos com uma ampla clientela e muitas histórias para contar, conforme relata o cabeleireiro.

Henrique destaca a sua família como a sua base, sua esposa Marta, seus filhos Polyane e Gustavo, e expressa sentir-se muito feliz com a sua vida e tudo o que conquistou nesses anos dedicados a esta profissão que é cuidar dos cabelos das pessoas.

Segundo Henrique, com o passar dos anos a área evoluiu muito e os penteados de hoje são belíssimos, havendo bons profissionais em Alfenas, o que torna a área muito concorrida.

Henrique durante participação no concurso realizado pela Rede Manchete/Foto: Arquivo Pessoal

Em 1987, ele participou de um concurso no Rio de Janeiro promovido pela extinta TV Manchete, em que foi premiado e se tornou notícia à época na cidade e região. Também teve a oportunidade de conhecer personalidades como Elke Maravilha, durante um evento no Minas Centro, em Belo Horizonte, relatou Henrique.

Henrique teve a oportunidade de conhecer Elke Maravilha durante um concurso em Belo Horizonte/Foto: Arquivo Pessoal

Para mostrar a sua técnica de anos cuidando dos cabelos dos inúmeros clientes, Henrique convidou uma cliente que também é amiga e ex-secretária, Maria Eugênia, que só tem elogios para o cabeleireiro e, depois de terminado o penteado, a cliente manifestou ao O Alfenense, durante a reportagem, o quanto tinha achado maravilhoso o penteado feito.

Maria Eugênia há 32 anos é cliente de Henrique e só tem elogios para falar sobre o cabeleireiro/Foto: Gilson Leite

Para os iniciantes, o experiente cabeleireiro dá o conselho de dedicarem-se à profissão e, havendo gosto em exercer a profissão de cabeleireiro, isso deve ser feito com amor.

Finalizando a entrevista, Zé Henrique ressalta que não se vê fazendo outra coisa, que se dedica ao seu trabalho e, por isso, tem a clientela que tem, graças ao seu gosto à profissão. "O que mais gosto de fazer é de cortar cabelo e só tenho a agradecer a Deus", enfatiza Henrique.

Confira a vídeo reportagem sobre Henrique cabeleireiro:

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.